Tecidos, gente, quem não ama? Pois então... Tanta coisa pra falar que eu não sabia nem por onde começar. Por fim, vamos fazer o seguinte: Pra organizar todas as informações, vou classificar nossos paninhos por construção, composição e usos. Neste primeiro post, o assunto é construção. A construção é o processo usado para fazer tecido. No segundo post, o assunto será composição, ou seja, do que ele é feito. Pra terminar, vamos discutir um pouquinho os usosdos tecidos, mas vamos discutir mesmo: quero que cada um dê a sua opinião sobre qual o tecido mais indicado para qual tipo de projeto, ok? Não vou prometer um por semana, porque seria loucura, mas prometo me engajar na pesquisa e nas entrevistas! :) Palavra de escoteira. Vamos lá...

 

Tecido plano - Processo de tecelagem

É feito entrelaçando os fios de da trama e do urdume.

 

tecidos-art-fio

O processo tem três passos: 1. Abertura da cala: Formar a manta do urdume fazendo duas camadas, uma mais alta e uma mais alta. 2. Inserção da trama: Por baixo da manta do urdume ou por cima da manta do urdume. 3. Batida do pente: Quando o tecelão ou a máquina junta os fios da trama que foi inserida. A abertura da cala é o que define o ligamento do tecido, ou seja, o ligamento (ou padrão) do tecido é definido acordo com a escolha dos fios que vão estar na camada mais baixa e na camada mais alta do urdume. Existem alguns ligamentos básicos de tecelagem: Ligamento tela ou tafetá É o mais simples. A trama do ligamento tela cruza o urdume passando um fio por cima e um fio por baixo, sucessivamente. Na volta, urdume que estava por cima, fica por baixo. Quanto mais grosso for o fio e quanto mais próximas estiverem as carreiras, mais firme será o material. Entre os tecidos de ligamento tela estão o chiffon, o mousseline, a organza, o shantung e o tafetá.

tecidos-tafeta

 

Ligamento sarja

O ligamento sarja tem uma repetição mínima de três fios de urdume e de trama, formando uma diagonal.

tecidos-Padr21

O entrelaçamento diagonal é bem mais firme que o ligamento tela. Essa firmeza também deixa o ligamento sarja mais resistente a sujeira, mas torna lavagem mais difícil. Entre os tecidos com ligamento sarja estão o brim, o denim/jeans, a sarja, o tweed e o gabardine. No avesso desses tecidos você vê claramente a diagonal.

tecidos-sarja

Ligamento cetim

É bem parecido com a sarja, mas costuma ter repetições de cinco a doze fios de urdume e trama. No cetim, a diagonal não é tão visível porque o número de repetições é muito grande. Essas repetições deixam o tecido liso e brilhante. Usam esse tipo de ligamento o cetim, o crepe de seda e o veludo de seda.

tecidos-cetim

Em cima desses ligamentos básicos também foram criados outros ligamentos, mais complexos. Um deles é o jacquard, que é aquele entrelaçado fio a fio, formando desenhos.

tecidos-jacquard

 

Malha - Processo de malharia

A malha é feita entrelaçando os fios sempre no mesmo sentido: ou todos na trama ou todos no urdume. O processo de malharia é feito com agulhas e é bem parecido com o tricô.

 

tecidos-Knit-schematic

Meia-malha

É uma malha bem leve, com a estrutura mais simples do que a malha comum.

tecido-meia malha

 

Piquet

O piquet é uma combinação de algodão e poliéster, bem resistente. Ele encolhe pouco e tem uns micro furinhos, que dão uma textura leve e deixam a pele respirar bem.

tecidos-piquet

Moletom

No moletom, a estrutura de malha é feita com uma espécie de lã, o que faz dele um material bem macio, flanelado dos 2 lados. O entrelaçamento deixa os fios do lado de dentro da malha soltos e, ao passar pela "peluciagem", eles ficam fofinhos e quentes, porque não deixam o calor do corpo passar pra fora da roupa.

tecidos-moletom

 

Ribana

A estrutura da ribana é feita em teares duplos, dando um efeito canelado que deixa a malha bem elástica, maleável e,consequentemente, muito confortável.

tecidos-ribana

Não-tecido - Processo químico, mecânico ou térmico

Os não-tecidos são feitos de fibras presas por processo químico, mecânico ou térmico que gera uma espécie de manta com os filamentos. São chamados de não-tecidos porque não passam por nenhum tipo de tear. O nosso amado feltro, por exemplo, é feito assim.

tecidos-felts

Depois de entrelaçar as fibras em uma máquina, ele passa por um processo químico que deixa todas elas grudadas permanentemente. O TNT também é feito com um processo parecido.

tecidos-TNT

E o que mais tem por aí?

Além do tecido plano, da malha e do não-tecido, ainda temos pele, renda, entre outros, mas acho que estes são os que geram mais dúvidas, mesmo. Gostou? No próximo post vamos falar sobre a composição dos tecidos. Para pesquisar mais sobre tecidos:

  • Glossário Casa Pinto
  • Glossário Têxtil
  • Glossário Portais da Moda

Dúvidas?? Falei alguma besteira?? Deixe aqui nos comentários!